Território do Brincar Instituto Alana Política de privacidade

Diário de Viagem

Aqui você poderá acompanhar os causos, conquistas, desafios, trajetos e o que encanta a equipe do Projeto, nesse encontro com a criança brasileira.

Casinha no pé de manga: parte I

Tuesday, 15 de January de 2013


É incrível como no Brasil há tantas brincadeiras acontecendo debaixo de um pé de manga, ou de outra árvore frutífera, dá até para fazer um tratado sobre isso. Não foi diferente em Abadia, esse pequeno vilarejo perto de Carbonita no Vale do Jequitinhonha.

Enquanto as meninas varriam as folhas secas e as mangas podres, arrumando o terreno para montar a casinha de bonecas, um grupo de meninos se dependurava na árvore catando as frutas maduras, ou pelo menos quase maduras.

Limpar a área foi  a primeiríssima etapa para montar a casinha, em seguida arrumaram as flores, afinal, beleza para essas meninas, é condição essencial para que o espaço se transformasse em uma casa. Aqui a brincadeira da casinha começou pela beleza, depois vem o resto.






Terreno varrido, elas plantaram as flores na terra úmida, só depois começaram a pensar no que mais seria necessário para a casa. Enquanto umas foram buscar panelinhas, bonecas, paninhos e outras coisinhas, as outras ficaram arrumando as folhas de bananeira que serviam como teto.











Quando tudo estava devidamente em ordem chegou a próxima etapa: cozinhar. Misturar terra com água, criar bolos, enfeitá-los. Cenas que se repetem independente da região ou cultura que estejam inseridas.



As etapas aconteceram nessa ordem: arrumar o terreno, embelezar o ambiente, arrumar/colocar ordem nas coisas e por fim, cozinhar.

Uma construção que acontece de dentro para fora e termina no alimento.

Texto e fotos: Renata Meirelles


Compartilhe:
* Os comentários estão sujeitos à moderação. Comentar:
  • 5 de May Lucieth Gonsalves Ferreira disse: Que saudade de minha infância e vontade que meus netos tivessem esta oportunidade também. Este brincar não existe em muitos lugares. Como os saberes destes contribuem para a formação do ser humano!
  • 4 de April de 2013 Jairo Antunes Luz disse: É o encanto da criatividade infantil, buscando imitar suas origens e sua vivencia, sem maldade, sem interesse em coisas o além do que devemos ser. É assim o formato da dignidade, da felicidade.
  • 3 de July de 2013 Eni Elisa Willms disse: Lembrei da minha infância quando também construí casinhas embaixo de árvores (o telhado era a copa da árvore)e a parede podia ser demarcada ou não com um risco no chão: o limite era a imaginação. Com pedaços de madeiras e paus a casa era outra: tinha parede e teto e por vezes desabava, mas como foi bom construir e habitar aqueles espaços! Tempo sagrado o do brincar! Nutre meus sonhos e realizações até hoje!
  • 3 de June de 2013 kachorro disse: muito legal queria brincar tambem mas eu gosto mais de ps3
  • 24 de February de 2013 Eliane Coelho disse: Lindo, perceber como as crianças a estética, a beleza internalizadas e a natureza é uma grande fonte de inspiração. Assim é bom ser criança!!!
  • 20 de February de 2013 Lívia Funck (Escola Viverde) disse: Brincar, comer, rezar, estudar,amar...
    viver é limpar terreno, esvaziar para preencher com beleza e cor.
  • 31 de January de 2013 Josca disse: Deu vontade de brincar junto, deixando a beleza falar primeiro...